Vampirismo Real

(Os temas abaixo são uma breve descrição, para mais esclarecimentos, leia a   1ª Monografia Pública)

O que é “Vampirismo Real” verdadeiro?

A missão da Tradição AML é transmitir o valor do indivíduo. Fazer entender a diferenciar o individualismo do egoísmo, muitas vezes confundido. Isto inserido na Filosofia Predatória (vampirismo real verdadeiro). Filosofia que abrange o controle da vida material, social e místico. Ter uma vida independente com evolução pessoal interna (saúde corporal, mental e da consciência) e externa (social, organização financeira). Como consequência, essa missão é afastar das pessoas os comportamentos autodestrutivos e vitimistas. Transmitir o aprendizado de caçar seus objetivos e se tornar mais forte, olhar além do comum, voar acima das Nuvens dos Sonhos.​

A Tradição Ártemis Mortis Lux e o Vampirismo Real Verdadeiro não se trata de religião... Não se trata de nomenclaturas artificiais como ordem, house, casa, templo, noir haven, corte, clã etc e etc... A Tradição AML e o Vampirismo Real Verdadeiro é uma filosofia de vida, uma família de seres com um único propósito: crescimento individual e coletivo. Não somos limitados a países, estados e cidades, pois nossa percepção de atuação é o Universo e o Multiverso, uma Tradição de conhecimento antigo. A Tradição AML e o Vampirismo Real Verdadeiro nunca irá ditar o que fazer e aonde você deve ir, nunca irá ser dogmática e separar as pessoas por castas e funções... Somos livres destas amarras. Somos libertos das nomeclaturas inventadas pelos Dormentes.

Agora, se você quer realmente entender o Vampirismo Real verdadeiro, a partir de agora esqueça o vampiro ficcional que tem problemas com o sol, com a sociedade, com símbolos míticos e religiosos. Esqueça também o que há por ai sobre o assunto, dito e feito por pessoas que andam fantasiadas com presas e capas escuras.

Tenha em mente algo maior e verdadeiro: A Filosofia Predatória (hoje chamada de Vampirismo Real) é um ato social na vida física e espiritual. É o ato de se harmonizar com todos e com tudo. Afinal a Filosofia Predatória é a Fonte de tudo que existe de “real” e “mítico”.

Deixarei bem claro em sua mente outro ponto importante: O Vampirismo Real é sim (com todas as letras) a tomada de Força Vital dos humanos com consciências adormecidas (Entenda Força Vital como energia astral invisível ao olho humano e como apenas energia etérea. Não é de nenhuma forma sangue, nem animal nem humano. Pois a Tradição é totalmente contra a loucura e crime do consumo de sangue que nada tem haver com o Vampirismo Real).  Sim! Vampirismo Real é a obtenção de Força VitalAstral através de técnicas meditativas mentais e astrais. E sim, dos humanos dormentes ao nosso redor. Se houver alguém ou grupo que refuta a idéia do Vampirismo Real sem a absorção de Força Vital diretamente do astral humano (obter energia de tudo menos dos dormentes), esta pessoa ou grupo esta mentindo ou esta enganada. O Vampirismo Real é Potencialidade. Pois todos podem e tem a chance de serem líderes ou liderados, de tomarem as rédeas de seu destino, controlar a sua vida. A Filosofia Predatória é Potência que é construída em seu Ser. Esqueça o conceito ridículo e ultrapassado de “essências”. Essa teoria degradante, de “essência” já pronta e definitiva, existe apenas para controlar os fracos da mente e do espírito. Esta teoria existe para lhe dizer: “eu sou, mas você nunca poderá ser.” O “Vampirismo Real” é o ato de se misturar socialmente e absorver Força Vital dos dormentes, criar uma imagem de metas, usar o consciente e inconsciente coletivo para que acreditem em certas realidades e imagens que você transmite. Para potencializar seus desejos e metas, tudo para facilitar a Manifestação dos seus objetivos na Jornada.

Com esta breve explicação, podemos finalizar com o seguinte: A Filosofia Predatória não é uma "subcultura", ela é a Cultura, que hoje se chama Vampirismo Real. O Vampirismo Real é  origem da sociedade, das religiões e dos mitos.

____________________________

O que a Tradição Ártemis Mortis Lux busca e com que se identifica?

 

A Tradição AML se identifica com o Equilíbrio e com a Fonte da Manifestação. Não somos da “mão esquerda” e nem da “mão direita”. Não somos do “bem” e do “mal”. Somos a junção de todos os pólos que fazem a Manifestação. Pois trabalhar ou se especializar em apenas um lado não é equilíbrio, mas sim o contrário. Pender somente para um lado da balança, trás o erro comum da hipocrisia separatista. Para averiguar isto basta observar as religiões em volta do mundo,

seja ela da “luz” ou das “sombras”. De um lado temos religiões com um conjunto de crenças infantis que enriquecem somente seus líderes, mantendo seus seguidores na ignorância;

do outro lado temos religiões que ensinam as pessoas a anularem sua personalidade,

seu ego e seu Ser. E nestas e muitas outras há o destaque da pobreza material, das

guerras e do comportamento de rebanho ao redor do mundo. Deste modo a

Tradição AML se identifica com a  Sabedoria (conhecimento que esta disponível

a todos os que querem voltar a “enxergar”), com a Liberdade (se livrar de 

qualquer amarra religiosa e mítica, entendendo o que há por trás) e com o

Resultado (praticar e medir os resultados, não há porque acreditar se não

há resultados). Também visamos com a prática da busca e do

autoconhecimento para o sucesso e prosperidade. Para que a visão de “vitima”

não atrapalhe os obstáculos da Jornada. Há também uma grande 

identificação com a Alquimia no geral. Alquimia revelada e não ilusória.

Pois temos como base que todo Alquimista que busca ou buscou a

Pedra Filosofal, a Imortalidade etc., é um Vampiro em Vida fazendo as

práticas dos primórdios da Tradição e do “Vampirismo Real” como um todo.

Isto porque a própria Tradição descobriu o como fazer a Pedra Filosofal dos Alquimistas.

Com tudo isso, e mais, buscamos fazer com que você seja parte desta evolução e domínio que acontece ao longo da história do Universo. O conhecimento das Leis Alquímicas para que todos possam entender a “Lei Inferior” e passarmos sermos partes da  “Lei Superior”, por conseqüência, dominando e moldando a “Lei Inferior” e todas as “Leis” abaixo, e dimensões, compreendendo em sua totalidade. Buscamos trabalhar Alquimicamente não com oselementos que são criados, mas sim com o que esta por trás dos elementos, vendo a “magia” não como milagre, mas sim como uma tecnologia ainda conhecida pelo homem comum.  Buscamos a liberdade do conceito “carma”. Sair da lei inferior “ação e reação” e caminhar para a Lei Superior “Ação e Resultados”. Trabalhando com a Lei Superior, perseguimos a meta de sermos Deuses, antes da própria vida e Deuses dos demais. Isso porque todos os Deuses, e Deusas,  conhecidos são Vampiros Reais que se alimentam das preces e orações de seu “rebanho”.

Pedra Filosofial descoberta pela Tradição AML. Ela demonstra o Templo Interno e Externo